PEF-São José do Norte

Loading...

domingo, 4 de março de 2012

Curso Disseminadores de Educação Fiscal - 2012

INSCRIÇÃO - CURSO DISSEMINADORES DE EDUCAÇÃO FISCAL 2012/01
de 02-04-2012 a 15-06-2012

Inscrições: de 23-08-2011 a 15-03-2012



Carga Horária

160h


Vagas

a definir


Modalidade

À distância, via INTERNET


Realização

Grupo de Educação Fiscal Estadual (GEFE)/RS
Secretaria Estadual da Fazenda
Secretaria Estadual da Educação
Escola de Administração Fazendária (ESAF


Público Alvo

As vagas são destinadas prioritariamente a professores das redes estadual e municipal de ensino que estão em sala de aula e servidores fazendários. Aceitam-se inscrições de graduandos, professores federais, sociedade civil organizada, em especial de membros de Conselhos.


Conteúdo Programático

Módulo 1 - Educação Fiscal no Contexto Social
Módulo 2 – Estado e Sociedade
Módulo 3 - Sistema Tributário Brasileiro
Módulo 4 – Gestão Democrática dos Recursos
Projeto Pedagógico: no final do curso, o aluno deverá apresentar um projeto pedagógico relacionado aos temas acima.


Órgão Certificador

Escola de administração Fazendária (ESAF)


Link Internet

https://spreadsheets.google.com/spreadsheet/viewform?formkey=dE5CLXBweVMyZEZuSzJmVGVVS3NCTFE6MQ


Informações Extras

INSCRIÇÕES PELO LINK:
https://spreadsheets.google.com/spreadsheet/viewform?formkey=dE5CLXBweVMyZEZuSzJmVGVVS3NCTFE6MQ

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

SAIA DA ZONA DE CONFORTO DIGA ADEUS AO ÓCIO


Já inicio pedindo desculpa por não ter postagens mais frequente, é que eu estava anestesiado em uma zona de aparente conforto, mas já acordei rsrsrsrs.
Sempre buscamos soluções mirabolantes quando desejamos algo. Fazemos tudo o que podemos para conquistarmos nossos objetivos. Por fim, acabamos por não utilizar itens vitais em nossas vidas.
Sempre temos um objetivo de vida, metas profissionais, vontades, sonhos, e tudo baseia-se basicamente em 3 pequenos pilares.

Ação

            Provavelmente você já descobriu que sua vida só irá mudar, se você estiver disposto à tomar ações. A tomada de atitude deve ser sua. É preciso gerar ações em continuidade, manter-se em movimento, sempre tomando decisões. Tomar uma ação está diretamente ligado à quanto tempo você permanece em sua zona de conforto. Quanto maior o tempo em sua zona de conforto, menor seu campo de ação, e menores são suas oportunidades, simples assim.
Somos bloqueados de um lado da ponte do medo, e acabamos por não tomar ações por medo de cruzá-la e enfrentar o medo. Não é necessário nem que você saiba exatamente o que fazer em seguida, só saia da inércia. Elimine sua zona de conforto e o ócio em definitivo!.
Ponha uma roupa bacana, vá dar uma volta. Aplique ao invés de somente estudar. Reate contatos, não espere por oportunidades. Execute mais, pense menos.
Você com certeza irá errar em algum momento, mas só assim irá aprender algo que não teria aprendido se estivesse em plena inércia.
Já disse para manter-se em movimento, certo?

Complete a tríade!

Ação é somente o primeiro ponto para garantir sucesso em nossas vidas e em tudo no qual realizamos. Temos ainda mais dois itens que devem ser mencionados, e que podem melhorar sua vida de imediato, mas você não espera que eu fale não é mesmo, pois se o fizesse você continuaria na sua “zona de conforto”  e como já dizia Raul:
“Sentado no trono de um apartamento com a boca escancarada cheia de dentes esperando a morte chegar”

Então, MEXA-SE 
 
 

domingo, 4 de dezembro de 2011

Exerça sua Cidadania

Os Gestores Publicos de São José do Norte, estão dando os primeiros passos para o desenvolvimento do municipio, neste processo que é complexo mesmo para os mais experientes, se faz necessáio a ajuda de todos. O cidadão deve buscar informação constantemente e participar das decisões, seja direta ou indiretamente, através de todas as formas possiveis de expressão, visando sempre o bom senso e o conhecimento de causa.
Os responsaveis pelas ações estão divulgando-as através dos meios de comunicão e do site do Município. Então participe, leia, debata, informe-se, não adianta só reclamar faça a sua parte, exerça sua Cidadania, ela não é só um direito é dever de todos que almejam melhorias de vida e desenvolvimento sustentável para São josé do Norte.
Estamos atualizando as informações constantemente para manter todos informados "Estamos de Olho"
Segunda Matéria da Série São José do Norte do Futuro










quinta-feira, 25 de agosto de 2011

O que estão fazendo nossos gestores públicos?

O que estão fazendo nossos gestores públicos?

São José do Norte, 25 de agosto de 2011

Segundo o artigo 37 da Constituição Federal que regulamenta o seguinte:
Art. 37. A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência (....)
            Mas, o que tenho observado é que  esses princípios não estão sendo respeitados, por ora vamos falar somente dos dois últimos, porque se formos discorrer sobre todos vai faltar tempo e sobrar assunto.
Sou servidor publico e tenho constatado uma falta de comprometimento com a população que é tratada como gado, levada de um lado a outro sem que esta saiba para onde vai; aliado a falta de informações das ações de nossos agentes públicos em todas as esferas dos poderes, é de um total desrespeito ao cidadão, impossibilitando o pleno exercício de sua cidadania.
Vejamos o primeiro, o principio da publicidade que tem a função de garantir transparência e divulgação das ações dos gestores públicos, tornando claro o que estão fazendo com nossos recursos, sim nossos recursos, pois o dinheiro público é para ser aplicado em interesses da sociedade e não em interesses políticos e particulares. E não é difícil constatar que este não é respeitado, já que os dados informados são complexos mesmo para pessoas com conhecimento técnico da matéria, ficando difícil de identificar e analisar os dados apresentados, levando o cidadão comum a se desinteressar da matéria, frente à complexidade da mesma mas, isto é, o que realmente desejam, não é mesmo? Desrespeitando assim a Lei de responsabilidade fiscal.
E o segundo, o principio da eficiência, já este é o mais infringido, pois infelizmente os gestores ainda não conseguiram entender que a administração publica não pode mais ser burocrática ou usando um termo mais comum “burrocrática” que consiste em uma administração superficial que visa que os servidores devam estar fazendo algo, não importa o que, desde que não fiquem parados, devem estar em ação pouco importando o grau de eficiência desta, em detrimento a outras de suma importância, este quadro só será alterado quando for aplicada a administração gerencial, onde as ações são analisadas e se possui um plano de trabalho.
Com tudo isso, quem perde somos nós, pois acabamos pagando a conta desses atos; e ela é alta, pois pagamos pelos erros dos gestores, temos que arcar com esta conseqüência sendo que fomos nós que colocamos eles para gerenciar o nosso patrimônio; somos donos de uma empresa que arredada muito, e colocamos pessoas despreparadas ou mal intencionadas para gerir nosso negócio; o resultado é esse, hospitais super lotados, atendimento médico de péssima qualidade, segurança publica defasada, setores essenciais para o controle de receitas publicas desestruturado.
Confira essa noticia apresentada:
“Herval e São José do Norte estão na lista dos municípios em situação irregular no SCNes. Herval e São José do Norte estão na lista dos 250 municípios brasileiros que tiveram os recursos do piso de Atenção Básica variável (PAB – variável) suspensos. A portaria 1.939 do Ministério da Saúde foi publicada no dia 11 deste mês. Com a suspensão as perdas no país chegam a R$2,5 milhões por mês para a manutenção de 298 equipes da família (ESF), 262 equipes de saúde bucal (ESB) e 2199 agentes comunitários de saúde (ASC).
A medida foi tomada após serem encontradas irregularidades no cadastro de profissionais no Sistema de Cadastro Nacional de estabelecimentos de saúde (SCNes). Com isso, foi suspensa a transferência de incentivos financeiros para custeio das equipes ESF, ESB e ACS, relativos a junho deste ano, devido á duplicidade no cadastro de profissionais no SCNes (....)”.(Diário Popular – 18 de agosto de 2011)
E no caso da segurança publica no qual o município de São José do Norte não recebe incentivos por que não está conveniado ao PRONASCI.
O quadro é preocupante, e mais uma vez eu pergunto:
O que estão fazendo nossos gestores públicos?

Cristiano Monteiro Ferreira
“Disseminador de Educação Fiscal”